Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

12 países maravilhosos que promovem o turismo sustentável

Há muitos lugares lindos que gostaríamos de visitar, e, se forem preocupados com a sustentabilidade, melhor ainda!

Vejamos 12 países que são excelentes destinos para quem não abre mão do turismo sustentável:

Costa Rica

Costa Rica

Famosa por suas praias, que mostram o encontro entre o oceano Atlântico e o Pacífico, a Costa Rica também se destaca pelo uso de energia renovável.

O país aposta nas fontes de energia hidrelétrica, eólica, geotérmica, biomassa e solar.

Tentando ser totalmente neutra em carbono, a Costa Rica tem mais de 100 áreas de preservação ambiental, 35 parques nacionais e 8 reservas biológicas.

Até os hotéis tem pegada sustentável!

Nas montanhas de Talamanca, você pode se hospedar em meio à natureza, sem acesso à TV e usar produtos orgânicos, feitos lá mesmo.

Mongólia

Mongólia

Com leis que protegem os animais locais e princípios de economia verde, a Mongólia é um ótimo destino para quem busca o turismo sustentável.

O país também parece estar no caminho certo em relação à promessa de reduzir as emissões de gases do efeito de estufa em 14% até 2030.

Nova Zelandia

Nova Zelândia

Com uma parte de seu território declarado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a  Nova Zelândia se orgulha de promover um turismo sustentável.

O país é um exemplo quando o assunto é preservação de suas áreas ambientais e tem até um manual para os viajantes manterem a limpeza local.

Você pode dar uma olhada nesse manual aqui

Botsuana

Botsuana

A exuberante diversidade animal é o grande diferencial quando falamos sobre esse país do interior da África.

Em Botsuana, podemos ver enormes felinos, a maior concentração de elefantes do mundo e a famosa migração anual dos gnus.

Um sistema de certificação para o ecoturismo garante aplicação de boas práticas como, por exemplo, o uso de carros e barcos elétricos para observação da vida animal.

Esse veículos são livres de emissões de CO2.

Palau

Palau

A República do Palau abriga o maior santuário do mundo para tubarões em uma área cercada por uma barreira de corais.

Para preservar toda essa riqueza natural, o governo local combate o turismo em massa e valoriza o ecoturismo.

Quem visita Palau precisa assinar um documento se comprometendo a cuidar do patrimônio natural e cultural do país, além de receber as recomendações éticas de conservação.

Austrália

Austrália

O país desenvolve constantes campanhas para incentivar a preservação da flora e da fauna locais.

Mais de 500 parques nacionais e 15 lugares declarados como Patrimônio Mundial pela Unesco também contribuem para a Austrália ser um destino de turismo sustentável.

Uruguai

Uruguai

Quarto país com a maior proporção de eletricidade gerada a partir de energia eólica no mundo, o Uruguai também é famosos pelo EcoPark.

Quem visita essa reserva natural dedicada ao turismo sustentável pode experimentar técnicas de jardinagem orgânica e construção amiga do meio ambiente.

Também é possível passear de barco, bicicleta e observar animais como tatus, coelhos, iguanas, pássaros e peixes.

O jardim fornece boa parte da comida para equipe e visitantes, e ainda há uma feira de pequenos agricultores.

Butão

Butão

Evitar a massificação do turismo sempre foi uma política do Reino do Butão, que consegue limitar o número de visitantes.

Um dos poucos lugares considerados carbono negativo, o país se orgulha de ter 72% de seu território preservado.

Suiça

Suíça

Com uma vasta área montanhosa, a Suíça é popular pelo ecoturismo.

Resorts oferecem aos visitantes experiências de baixo impacto ambiental, onde carros não existem e a calmaria reina.

O Whitepod Resort, por exemplo, utiliza apenas fontes de energia renováveis.

A hospedagem inclusive já ganhou inúmeros prêmios, incluindo o Prêmio Mundial de Turismo Sustentável.

Aruba

Aruba

No começo deste ano, Aruba proibiu de vez qualquer plástico descartável em seu território.

Desde 2017, a ilha caribenha já havia vetado o uso de sacolas plásticas.

Turistas são alertados inclusive sobre o uso de alguns tipos de filtros solares, que podem prejudicar os recifes de corais locais.

Holanda

Holanda

O país estimula o uso de trens, ônibus e bondes por moradores e turistas. Claro que o investimento no transporte público é proporcional.

As ciclovias e a grande quantidade de bicicletas disponíveis para alugar também ajudam na sustentabilidade do país.

Rotas verdes na região incentivam a caminhada, e existe um projeto para criar bancos públicos a partir de lixo eletrônico.

Brasil Fernando de Noronha

Brasil

Nosso país também conta com alguns destinos que promovem o turismo sustentável.

Famosos pelas atividades de ecoturismo, Bonito, no Mato Grosso do Sul, têm um sistema interessante de controle de turistas.

Um voucher eletrônico pessoal indica os lugares que o visitante pretende ir, minimizando o impacto de multidões nos paraísos naturais.

Fernando de Noronha é outro destino brasileiro que controla o número de turistas.

Turismo sustentável

Iniciativas para redução da emissão de carbono e o incentivo ao uso de materiais reciclados nas construções também fazem do arquipélago um destino sustentável.

Quem apoia o turismo sustentável, recompensa as boas práticas, ajuda a economia dos destinos e o meio ambiente. Um belo combo!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos