Ubrabio firma acordo com governo de Moçambique para Desenvolvimento de Indústria de Biocombustíveis

biodiesel

A Ubrabio será responsável por fornecer suporte técnico e know-how brasileiro para a iniciativa em Moçambique.

A União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) estabeleceu uma parceria estratégica com o governo de Moçambique para iniciar discussões sobre o desenvolvimento e implementação da indústria de biocombustíveis no país africano.

Este avanço foi formalizado por meio de um memorando de entendimento, assinado pela Ubrabio, pelo Gabinete de Reformas Econômicas do Ministério da Economia e Finanças de Moçambique e pela CTJ Consultoria, uma empresa moçambicana especializada em consultoria estratégica e empresarial.

Biodiesel

biodiesel
Foto: Reprodução/Pexels

O acordo foi concretizado durante o Fórum Biodiesel e Bioquerosene – Tecnologia e Inovação, realizado pela Ubrabio em São Paulo.

Conforme comunicado divulgado pela CTJ Consultoria, essa medida se alinha ao Programa de Aceleração Econômica (PAE) de Moçambique, que visa a criação de postos de trabalho e a atração de investimentos privados para a produção agrícola, além de reduzir a dependência de importações.

O PAE impõe que importadores e distribuidores de combustíveis líquidos incorporem biodiesel no abastecimento de todo o país.

Pelo documento assinado, a CTJ Consultoria atuará como especialista em assessoria e consultoria empresarial, enquanto a Ubrabio será responsável por fornecer suporte técnico e know-how brasileiro para a iniciativa.

Cooperação

Moçambique
Foto: Reprodução/Pexels

A meta do acordo é promover uma “troca de conhecimento entre as partes, na forma de estudos, projetos e pesquisas, para que sejam delineados os termos e condições para o planejamento, a implementação e o desenvolvimento da indústria de biocombustíveis em Moçambique, com tecnologia brasileira.

O objetivo é a geração de empregos e riqueza a partir da produção local”, segundo o memorando.

Este memorando marca um passo significativo na cooperação entre Brasil e Moçambique, potencializando a capacidade de Moçambique em desenvolver uma indústria sustentável de biocombustíveis, impulsionada pela experiência e inovação brasileiras.

Fonte: Folha de São Paulo

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Veja também

Receba diretamente em seu e-mail nossa Newsletter

Faça sua busca
Siga-nos nas redes sociais

  Últimos Artigos