Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

Designer cria capacete ecológico para ciclistas na Holanda

capacete ecológico

Capacete promete ser seguro conforme as normas de segurança aliado a sustentabilidade

Um capacete leve, seguro e principalmente ecológico. Essa é a proposta da criação de um estúdio de designer na Holanda.

A empresa responsável possui outros projetos sustentáveis como por exemplo, a bicicleta elétrica movida a hidrogênio e energia solar.

Agora investem em pesquisas para acessórios ecológicos, seguindo a tendência de sustentabilidade.

Sustentabilidade

micélio
O micélio quando aquecido possui propriedades do EPS – Foto: Reprodução/Pexel

De acordo com as normas de segurança para acessórios de proteção, o capacete de ciclismo deve ser trocado a cada 3 anos.

Criando dessa forma, um resíduo de difícil reciclagem composto por plástico, cola e espuma.

Antes de chegar no formato atual, diversos materiais foram testados.

Então, os desenvolvedores encontraram no micélio a solução para unificar a sustentabilidade e a segurança necessárias para o capacete.

Biofrabricação

capacete
Com uso de matéria-prima orgânica o capacete se torna 100% biodegradável – Foto: Studio

Micélio é a parte vegetativa de um fungo ou colônia bacteriana, que consiste de uma massa de ramificação formada por um conjunto de hifas emaranhadas.

É também responsável por carregar nutrientes até onde o fungo necessita e faz processos de simbiose com algumas espécies.

A biofabricação utiliza o micélio juntamente com o cânhamo. O fungo tem propriedades semelhantes a da espuma (EPS), quando aquecido.

No projeto do capacete para ciclistas, a estrutura de rede do micélio, cria conexões cruzadas extras no material e além disso, abre espaço para o fluxo de ar necessário para resfriar o cabeçote.

Para a alça e para o revestimento externo, o tecido de cânhamo ligado ao micélio, dão ao capacete a firmeza e a sustentabilidade necessárias ao equipamento.

Diminuir o uso de plástico

capacete
O cânhamo em forma de tecido é utilizado nas faixas – Foto: Studio

Agora a expectativa é a produção em escala industrial do capacete ecológico.

Com a inovação, o objetivo é reduzir o fluxo de resíduos de plástico e EPS, que eles consideram prejudiciais e sistemáticos.

Além disso, implementar a economia circular na organização, bem como reduzir a emissão de CO2 na produção.

Ainda mais, como o produto é composto somente de material orgânico, ele se torna 100% biodegradável.

Fonte: Studio

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos