Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

Reciclável e reaproveitável: contribuições do aço para o futuro verde 

aço

A história e a importância do aço, fundem-se à própria trajetória e evolução da humanidade e se faz presente em nosso dia a dia, muito mais do que somos capazes de perceber

A história e a importância do aço, fundem-se à própria trajetória e evolução da humanidade. Tendo como principal componente o ferro, metal cuja relevância nos transportou da pré-história aos dias atuais, o aço se faz presente em nosso dia a dia, muito mais do que somos capazes de perceber.

Ele está nas construções de todos os portes, na arquitetura, nas estruturas e instrumentos hospitalares, todos os segmentos industriais e bens de consumo: dos automóveis que dirigimos aos utensílios que utilizamos em nossos lares. 

Durabilidade e resistência

aço
Foto: Reprodução/Pexels

Tendo a resistência e a durabilidade como principais atributos, o aço representa a matéria-prima proveniente de uma das indústrias que mais cresce no país.

De acordo com dados de desempenho do setor, apresentados pelo Instituto Aço Brasil, a produção de aço bruto atingiu 17,4 milhões de toneladas, de janeiro a junho deste ano, representando uma alta de 2,8% em relação ao mesmo período de 2021; um cenário impulsionado pelas exportações, que despontaram um crescimento de 27,6% no último semestre, ultrapassando as 6 milhões de toneladas do material.    

Considerado no último ano o 9º maior produtor mundial de aço, o Brasil é palco para a expansão e crescimento da produção desta liga metálica.

Tanto é que estão previstos mais de R$50 bilhões de investimentos por parte dessa indústria, destinados às estruturas fabris, tecnologia e enquadramento das operações aos parâmetros de sustentabilidade.  

Adequação aos parâmetros de sustentabilidade

sustentabilidade
Foto: Reprodução/Pexels

Tais aportes são mais do que necessários quando pensamos no aumento das demandas que lideram 80% do mercado nacional, como por exemplo, a construção civil (41,2%), a indústria automotiva (21,3%) e de bens de capital (19,6%).

Na contramão de algumas especulações, o aço representa uma matéria-prima que nunca esteve em falta no país, mas sim, que requer uma atualização de sua indústria produtiva para que sua exploração e manufatura supram as necessidades internas e possam ser direcionadas à exportação.  

Vemos, nesse sentido, grandes players do setor aportando tecnologia e muitas outras inovações em seus portfólios de produtos, apresentando soluções completas e personalizadas.

No segmento de tubos de aço inoxidável, por exemplo, contar com um fornecedor que ofereça soluções sob medida exata de comprimento e largura, pode fazer toda a diferença na viabilização de um projeto.

Trata-se de um grande atributo que permite reduzir as perdas de material e, consequentemente, trazer economia às diversas edificações.  

Futuro verde

aço
Foto: Reprodução/Pexels

Quando pensamos em um futuro verde, que é para onde a maioria das empresas e indústrias têm caminhado, em busca de regenerar ecossistemas e sociedades sob os direcionamentos das práticas ESG, podemos dizer, com segurança, que as contribuições da indústria do aço ainda serão imensas e sustentarão essa evolução por muitos e muitos anos.

Considerado um material ecológico, o aço é 100% reciclável e reaproveitável, características que impactam diretamente não apenas em sua cadeia produtiva, mas sim, de todas as companhias que fazem uso de soluções desenvolvidas sob este tipo de material.  

No setor da construção, por exemplo, força motriz da economia brasileira – que deve crescer na casa dos 2% este ano, frente à grande alta de 7,6% em 2021 – e maior aceleradora do mercado do aço, a versatilidade da liga metálica segue representando força, durabilidade e resistência aos aspectos estruturais, em equilíbrio à leveza dos diferentes acabamentos arquitetónicos, assim como o caráter sustentável, cada vez mais presente nas empreitadas contemporâneas. 

Por: Marcos Ledo – CEO da Krominox

** ** Este artigo foi produzido por um autor independente e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Sustentabilidade.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos