Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

Comunidade trata esgoto com sistema sustentável no Rio de Janeiro

esgoto

Dois sistemas antigos tratam o esgoto e seus rejeitos na comunidade Vale Encantado

Moradores da comunidade do Vale Encantado, no Rio de Janeiro, agora têm uma solução para tratar o esgoto e seus rejeitos.

Dessa forma, além de garantir um ambiente mais salubre, as casas também terão acesso a água limpa e esgoto tratado.

Além disso, os rejeitos deixam de ir para a natureza, mais especificamente na Floresta da Tijuca.

O sistema de tratamento

esgoto
A água já tratada – Foto: Alexandre Cassiano/O Globo

O sistema é simples e utilizado desde os tempos antigos, com um biodigestor e bactérias.

O processo de tratamento é natural, para a limpeza da água, através de um tanque de concreto.

As bactérias comem a matéria orgânica do esgoto, e assim, liberam um gás, que pode ser utilizado na cozinha das casas.

A água passa por outro processo de purificação, em seguida.

Nesse segundo tanque, existem plantas que utilizam nutrientes ainda presentes na água, para seu desenvolvimento.

Biodigestor

esgoto
O tratamento de esgoto na comunidade funciona como um biodigestor – Foto: Reprodução/Pexels

Atualmente, o sistema de plantas é capaz de filtrar apenas 50% das impurezas da água, pois ainda está em desenvolvimento.

Entretanto, a previsão é que nos próximos meses o tratamento do esgoto alcance 90%.

De acordo com os responsáveis, o biodigestor funciona como um estômago humano.

A escolha das plantas, foi de acordo com as que se estabelecem melhor próximo aos córregos.

O tratamento consiste na redução de carga orgânica e de nutrientes, como por exemplo, nitrogênio, fósforo e potássio.

Neste sistema a primeira etapa remove a carga orgânica e o jardim filtrante tira os nutrientes, segundo Leonardo Adler, engenheiro ambiental e sanitarista responsável pelo projeto.

Apoio financeiro

apoio financeiro
A iniciativa recebeu apoio financeiro de ONGS – Foto; Reprodução/Pexels

A construção do sistema começou em 2015, e atendia apenas cinco casas da comunidade.

Em 2022, entretanto, organizações brasileiras financiaram o projeto que agora finalmente pode ser concluído.

Desde o início deste mês as 27 casas do Vale Encantado, que abrigam cerca de 60 famílias, estão conectadas ao sistema biosustentável.

Sem usar nenhum produto químico, garante o tratamento de esgoto da comunidade. Assim, 15 milhões de litros de esgoto in natura, deixarão de ser enviados aos rios da região.

O subresíduo é adubo rico em nutrientes e o gás abastece duas casas na comunidade.

Emprego e renda

esgoto
O sistema de tratamento de esgoto gerou emprego e renda para os moradores da comunidade – Foto: Reprodução/Pexels

A construção do sistema de tratamento de esgoto, gerou também emprego e renda para os moradores do Vale Encantado.

Toda a mão-de-obra usada no projeto é de moradores da comunidade, liderados pelo morador e Presidente da Associação de Moradores do Vale Encantado, o senhor Otávio Barros.

A sustentabilidade é parte do dia-a-dia da comunidade, que desde 2006 tem uma cooperativa que recebe grupos para trilhas na região.

No prédio sede da associação, placas solares alimentam o prédio bem ainda também, um outro sistema de tratamento de resíduos sólidos, que também produz gás natural para a cozinha.

O esgoto sem tratamento, deságua em cima de uma cascata causando poluição.

Agora, com o sistema de tratamento, possivelmente o ecoturismo pode ser incentivado na região.

Ainda mais, o saneamento afasta os mosquitos e a agricultura local pode ser cultivada pelos moradores, pois agora, a água está limpa.

Fonte: O Globo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos