Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

Rio de Janeiro é escolhido para programa de economia circular da UE

circular

O Programa Circular Plastics in the Americas é liderado pela União Europeia e apoia a transição para uma Economia Circular de Plásticos

A cidade do Rio de Janeiro recebe um programa de economia circular, liderado pela União Europeia.

Os países do programa são Brasil, Chile, Colômbia e Canadá.

A iniciativa tem como objetivo abordar principalmente, os desafios que a cidade enfrenta com o resíduo plástico.

O Programa

circular
O programa tem como objetivo implementar a economia circular – Foto: Reprodução/Pexels

Diante da contaminação indesejada do solo, da água, do ar, da flora e da fauna gerada pela produção e consumo inadequados de plásticos, a economia circular serve como um modelo alternativo viável para evitar esse tipo de poluição. 

O Programa Circular Plastics in the Americas, foi lançado em setembro de 2021 por diferentes consórcios internacionais.

O objetivo é primordialmente, reforçar o papel de liderança da UE na transição para os plásticos do futuro e contribuir para plásticos resilientes mais competitivos e indústrias de reciclagem.

 A ação contribuirá para que a UE alcance seus compromissos climáticos globais e objetivos de política industrial.

Ainda mais, apoiar os aspectos internacionais da Estratégia da UE para Plásticos na Região das Américas.

Ações no Brasil

circular
O evento de abertura acontece no Planetário da Gávea no dia 14 de junho – Foto: Reprodução/Pexels

No Brasil, o time de gestores conta com especialistas para melhor desenvolvimento do projeto.

São elas: Tathiana Colturato, Coordenadora do Programa CPAP e Especialista em Economia Circular, Fernanda Romero, Gerente da Plataforma de Soluções de Plásticos Circulares e Cláudia Kairalla, Coordenadora Administrativa.

O Projeto CPAP em nosso país, visa, por exemplo, promover uma ampla cooperação para o desenvolvimento de políticas públicas.

Da mesma forma, demonstrar as tecnologias da UE compartilhando conhecimento para promover a redução de resíduos plásticos.

Essas medidas são planejadas de maneira a garantir a sustentabilidade, levando em conta a realidade brasileira.

A abordagem do projeto visa sobretudo, desenvolver soluções reais que permitam enfrentar os desafios com base na prevenção, gestão e remediação.

A CPAP no Rio

tampas
A UE vai apoiar o desenvolvimento sustentável com os resíduos de plástico – Foto: Reprodução/Pexels

O Projeto CPAP Brasil tem foco em inovação e testes piloto de soluções transformadoras para promover e apoiar medidas e práticas relacionadas ao plástico circular, com especial atenção para o têxtil, agricultura, uso de plásticos descartáveis, PET e equipamentos avançados para setores de reciclagem.

O primeiro evento oficial será no dia 14 de junho, no Planetário da Gávea, a partir das 09h00. Além disso, haverá transmissão pelo Youtube.

O encontro conta com a participação de autoridades do Rio de Janeiro, bem como da União Europeia e da ONU.

Outros dois eventos estão previstos para acontecer em agosto e outubro, sendo a última edição simultaneamente à Conferência Rio+30 , que marca 30 anos da Rio 92.

Fonte: Diário do Rio CPAP

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos