Inspirar para evoluir e caminhar com uma pegada mais leve

Universidade na Alemanha desenvolve ar condicionado sustentável

ar condicionado

Ar condicionado utiliza músculos artificiais para aquecer e refrigerar sem o uso de gases refrigeradores

A Universidade de Saarland, na Alemanha, desenvolveu uma tecnologia que pode substituir o uso de gases refrigeradores em aparelhos de ar condicionado.

Baseado em materiais com memória de forma, conhecidos também como músculos artificiais, o sistema funciona com movimentos de tensão e relaxamento.

Sistema de ar condicionado convencional

ar condicionado
Os aparelhos de ar condicionado utilizam gases refrigeradores – Foto: Reprodução/Pexels

Os sistemas convencionais de ar condicionado em geral utilizam gases refrigeradores, o R-22 e R-410A .

O gás R-22 é considerado poluente pois utiliza substâncias à base de cloro, e seu uso vem sendo reduzido cada vez mais.

Já o R-410A é considerado um gás ecológico, pois não tem substâncias poluentes e da mesma forma, não é inflamável, o que o torna mais seguro para uso doméstico e comercial.

A tecnologia Alemã

ar condicionado
O sistema de ar condicionado criado na universidade – Foto: ©Oliver Dietze

Os músculos artificiais são fibras que compõem feixes de liga de níquel-titânio, o nitinol, e transportam calor carregando e descarregando esses fios.

Da mesma forma, pesquisadores estão testando sistemas de resfriamento em carros elétricos, será demonstrada na Feira de Hannover com a primeira máquina do mundo que resfria o ar com músculos artificiais.

De acordo com os pesquisadores, o processo tem uma eficiência energética significativamente alta, sendo mais produtiva que as tecnologias atuais de ar condicionado, e até quinze vezes mais eficiente do que os refrigerantes convencionais. 

Segundo o coordenador da pesquisa, a União Europeia e o Departamento de Energia dos Estados Unidos avaliaram o projeto e o consideram a alternativa mais promissora à tecnologia de refrigeração por compressão de vapor em uso atualmente.

O funcionamento do sistema

fios
Os músculos artificiais geram calor e resfriamento – Foto: Reprodução/Pexels

O sistema funciona com tensão e relaxamento como nos músculos.

O fio puxado desloca as camadas atômicas e a tensão surge na rede. Quando aliviadas o fio retorna à sua forma original. 

Durante esses processos, os pesquisadores falam em mudanças de fase, os fios absorvem o calor e o liberam novamente. 

Os engenheiros estão atualmente trabalhando em vários projetos para otimizar ainda mais a transferência de calor da máquina para aumentar ainda mais sua eficiência, para que toda a energia das transformações de fase deve ser usada para resfriamento ou aquecimento sem perdas.

Ainda também, desenvolver ainda mais sua tecnologia elastocalórica para refrigeração em veículos elétricos.

O objetivo é, principalmente, desenvolver um sistema de ar condicionado alternativo para veículos, que precisa ser mais eficiente, mais ecológico e mais sustentável do que os métodos anteriores.

Além disso, a tecnologia deve ser menor, mais leve e mais barata em comparação às tecnologias atuais, de acordo com os engenheiros do projeto.

Fonte: Saarland Correio Brasilienze

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Veja também

Receba GRÁTIS notícias no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Últimos artigos